Quinteto Canjerana: sonoridade gaúcha contemporânea

Quinteto Canjerana

Caderno de Sons | Foto: Quinteto Canjerana/Divulgação

Um grupo instrumental formado por músicos de Lajeado, Encantado e Farroupilha. Quando se juntam, são o Quinteto Canjerana.

Eles: o acordeonista Maurício Horn, Maurício Malaggi (bateria), Zoca Jungs – guitarra e viola 10 cordas, Fernando Graciola, no violão, e Tiago Ferrari Daiello, responsável pelo contrabaixo acústico.

O Quinteto Canjerana existe desde 2012 e tem a intenção de aliar a música do Rio Grande do Sul com experimentações resultantes dos estudos que todos realizam há anos sobre a música contemporânea.

Mesmo vivendo desde cedo o ambiente regionalista, eles foram além e se dedicam a uma pesquisa musical que dá atenção a tudo o que é produzido no Brasil.

O Quinteto Canjerana se considera um grupo que propõe uma sonoridade gaúcha contemporânea, com permissão para improvisos, mas sempre com o folclore do Sul como referência.

O único disco foi gravado em 2013, no estúdio Dreher, em Porto Alegre, e se chama “Promessa”. Tem nove faixas. Os próprios assinam a produção musical.

O lançamento ocorreu em maio de 2014, na Casa de Cultura Mario Quintana, em Porto Alegre. E graças a um projeto aprovado pela Lei de Incentivo à Cultura, o grupo conseguiu se apresentar em dez cidades do Rio Grande do Sul em 2015.

O Canjerana também promove oficinas musicais para pessoas de todas as idades.

Com o Quinteto Canjerana, Maurício Horn, Fernando Graciola, Zoca Jungs, Maurício Malaggi e Tiago Ferrari Daiello se destacam na cena musical gaúcha transformando técnica e aprendizado em arte.

Em 2015, Maurício Horn concorreu ao Prêmio Açorianos de Música nas categorias de melhor instrumentista e melhor intérprete. Eles são considerados uma das boas novidades do Rio Grande do Sul nos últimos anos.

[+] Veja mais Caderno de Sons aqui

Publicidade