Anjo Caído

Anjo Caído

Letra e Música | Foto: Outra Estação.com | © Todos os direitos reservados

Anjo Caído foi interpretada por Adrieli Sperandir na recente edição do Canto Missioneiro da Música Nativa. Apesar de não ter sido classificada para a final do festival, a canção, com letra de Claudio Reinke, emocionou o público no Teatro Antônio Sepp.

Letra: Claudio Reinke. Melodia: Jean Carlos Kirchoff. Interpretação: Adrieli Sperandir. Ano: 2019.

Anjo Caído

Paredes antigas
De um anjo caído
Passado ruído
Voltando pra terra
Que um dia foi casa
Erguida de reza
Que o tempo despreza
Depois de uma guerra

Não prende a palavra
Paredes caídas
É a pura poesia
Perdida no pó
Pecado pintado
Em pedras feridas
Pedaços de vida
Partidos sem dó

E fica sem casa
O nosso arcanjo
Um anjo sem asa
Não pode ser anjo

Não há piedade
Em planos urbanos
Perversos projetos
Que o passado esquece
Paredes parecem
Com almas penadas
No mofo dos prantos
Pedindo uma prece

Paredes perdidas
Silêncio tapera
De tudo que era
De tantos avós
De rude fachada
De pedra e raiz
Que o tempo não quis
Guardar para nós

Anjo Caído – Adrieli Sperandir

[+] Veja mais Letra e Música aqui

Publicidade