Expodireto Cotrijal: expectativa é que 250 mil visitem a feira

Expodireto Cotrijal: expectativa é que 250 mil visitem a feira em março

Jornal do Campo | Foto: Emater RS/Divulgação

A 21ª edição da Expodireto Cotrijal foi lançada oficialmente em evento realizado na manhã desta terça-feira, 4, em Porto Alegre, no Hotel Plaza São Rafael. A feira ocorre de 2 a 6 de março em Não-Me-Toque e terá como slogan “A Gente Vive o Agro”.

De acordo com o presidente da Cotrijal, Nei César Manica, serão mais de 530 expositores, nos 98 hectares do parque. São esperadas mais de 260 mil pessoas que devem passar pelo Parque da maior feira estadual do agronegócio e uma das maiores da América Latina.

Durante a feira, a Emater/RS-Ascar apresenta 15 espaços temáticos, com informações técnicas, envolvendo as áreas de bovinocultura leiteira, cooperativismo, agroindústria familiar, segurança alimentar, energia fotovoltaica, secagem e armazenagem de grãos, florestas comerciais, horticultura, plantas bioativas, meliponicultura e apicultura, irrigação, tecnologia de aplicação, piscicultura, solos, culturas e turismo rural.

Além da recepção dos visitantes com as devidas explicações técnicas, eventos paralelos também fazem parte da programação. Oficinas de alimentação, palestras, fóruns e o tradicional Café da Manhã para Imprensa e autoridades, momento em que é apresentada a perspectiva para a safra de verão 2019/2020.

Neste ano, o Café será no dia 3 de março, às 8h. Também no dia 3, será realizada a quinta edição do Fórum Estadual de Conservação de Solo e Água.

Já o Fórum Florestal, que está na 14ª edição, acontece no dia 05 de março. Outro destaque na ficará por conta da cultura do milho, que terá destaque em várias das parcelas temáticas, em consonância com o Programa Estadual de Produção e Qualidade do Milho (Pró-Milho RS), que será lançado pela Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural no dia 7 de fevereiro.

No Pavilhão da Agricultura Familiar, organizado em parceria entre Cotrijal, Seapdr, Emater RS, Fetag e Fetraf/RS, serão 226 empreendimentos, divididos em 191 estandes, sendo 157 com produtos das agroindústrias familiares e 69 de artesanatos, plantas e flores, envolvendo expositores de 129 municípios gaúchos.

Das agroindústrias familiares estarão sendo expostos e comercializados produtos como panificados, derivados de cana de açúcar, embutidos, laticínios, picolés e sorvetes, sucos, erva-mate, chips de mandioca e batatas, entre diversos outros.

[+] Veja mais Jornal do Campo aqui

Publicidade