Produção de soja no RS pode chegar a 19.746.793 toneladas

Soja. Santo Ângelo - RS

Jornal do Campo | Foto: Outra Estação.com/Arquivo | © Todos os direitos reservados

Conforme o Zoneamento Agrícola de Risco Climático para a cultura no Rio Grande do Sul, ano-safra 2019-2020, o período de plantio de soja no Rio Grande do Sul ocorre entre os dias 11 de setembro e 31 de dezembro.

De acordo com o Informativo Conjuntural da Emater divulgado quinta-feira, 17, o plantio da oleaginosa está iniciando lentamente, com algumas áreas plantadas nas regionais de Ijuí, Santa Rosa e Soledade.

Nas regiões de Ijuí e Soledade, as primeiras lavouras implantadas estão apresentando boa emergência e os produtores concentram-se na dessecação de áreas.

Há incidência de lagartas de solo (Elasmopalpus lignosellus) e lagarta-rosca (Agrotis ipsilon), sendo necessário adicionar inseticida no momento da dessecação das áreas.

Já na região de Santa Rosa, a semeadura da cultura deverá ser intensificada a partir da segunda quinzena de outubro, culminando com maior percentual de área a ser plantada na primeira semana de novembro.

A estimativa da Emater para a safra de soja 2019-2020 indica uma área de 5.956.504 hectares – aumento de 1,93% em relação à safra anterior e uma produção estimada de 19.746.793 toneladas. Isso resulta em uma produtividade de 3.315 quilos por hectare.

Soja x milho no Rio Grande do Sul

No milho, a semana fecha com 68% da área plantada, com avanço de 10% em relação à semana anterior.

A estimativa da Emater para a safra de milho 2019-2020 indica uma área de 771.578 hectares, aumento de 1% em relação à safra anterior, e produção estimada de 5.948.712 toneladas.

Isso resulta em produtividade de 7.710 quilos por hectare. Segundo o zoneamento agroclimático para o milho, o período de plantio ocorre entre o início de agosto e o final de janeiro.

[+] Veja mais Jornal do Campo aqui

Publicidade