Custos de produção caem pelo quarto mês seguido

Produção rural

Jornal do Campo | Foto: Outra Estação.com | © Todos os direitos reservados

Os custos de produção registraram uma queda de -0,14% em setembro. Este é o quarto mês consecutivo de retração no Índice de Inflação dos Custos de Produção (IICP), conforme relatório divulgado pelo Sistema Farsul.

Os preços dos fertilizantes têm impactado diretamente no resultado, mesmo com a taxa de câmbio em ascensão.

Vestibular Fasa 2020

Já o Índice de Inflação dos Preços Recebidos pelos Produtores Rurais (IIPR) teve uma valorização de 3,88% especialmente pela alta cambial.

O IICP acumula uma queda de 2,68% em 12 meses, especialmente pela redução do preço dos fertilizantes em 11% na comparação com setembro de 2018.

A economista do Sistema Farsul, Danielle Guimarães, comenta que o preço dos insumos responde ao comportamento do mercado.

“É a lei da oferta e da procura. Tivemos um aumento na oferta mundial, gerando uma queda a patamares historicamente baixos. Isso impactou nos custos, influenciando mais do que o câmbio”, explica.

Mas, se os custos apresentam queda mesmo com a alta cambial, os preços foram impactados por ela, especialmente a soja. Mas o aumento em setembro não foi o suficiente para a recuperação do IIPR em 12 meses, que registra -4,01%, resultado inverso ao IPCA Alimentos que atingiu crescimento de 3,56%. Isso mostra um descolamento entre os dois indicadores no curto prazo.

[+] Veja mais Jornal do Campo aqui