Estudantes do Colégio Tiradentes Santo Ângelo se aproximam de práticas preservacionistas

Estudantes do Colégio Tiradentes Santo Ângelo se aproximam de práticas preservacionistas

Nosso Mundo | Fotos: Arquivo pessoal/Divulgação

Estudantes do terceiro ano do Colégio Tiradentes da Brigada Militar de Santo Ângelo tiveram a oportunidade de dialogar com biólogos para compreender sua a área de atuação e a relação da profissão com a preservação ambiental.

As rodas de conversa na escola foram realizadas na Semana do Meio Ambiente, nos dias 7 e 8 de junho, sob coordenação da professora de Biologia Gracieli Dall Ostro Persich.

Os biólogos convidados, Victor Lipinski e Cleusa Ely, cursaram licenciatura em Ciências Biológicas na URI Santo Ângelo.

Victor desenvolveu trabalhos de pesquisa sobre a maneira como a radiação ultravioleta afeta os anfíbios do Parque Estadual do Turvo.

Cleusa está finalizando pesquisas sobre espécies de plantas do gênero Hyperycum, que ocorrem em campos do sul da América Latina e apresentam substâncias que serão estudadas para verificar suas propriedades medicinais.

Estudantes do Colégio Tiradentes Santo Ângelo se aproximam de práticas preservacionistas

No dia 7 de junho a turma recebeu o biólogo e professor Victor Mendes Lipinski, que é doutor em Biodiversidade Animal pela UFSM e, atualmente, docente no Instituto Federal Farroupilha em Júlio de Castilhos.

Victor conversou com a turma sobre as ações humanas que afetam a diversidade de anfíbios, contando sobre sua trajetória acadêmica e profissional.

O biólogo enfatizou a importância de estudar as espécies por meio de pesquisa científica e quanto é necessário que os resultados dessas investigações cheguem até as pessoas, para que um grande número de pessoas possa entender como as espécies funcionam no ambiente, a importância dos seres vivos e aprender a preservar os ambientes naturais convivendo em harmonia com todas as espécies.

Estudantes do Colégio Tiradentes Santo Ângelo se aproximam de práticas preservacionistas

No período da tarde, os alunos participaram de oficinas nos laboratórios da URI, durante programação da Semana do Meio Ambiente promovida pelo curso de Ciências Biológicas. As oficinas foram coordenadas por Victor e a bióloga Aline Vazum Osga.

No dia 8, a turma recebeu a bióloga e professora Cleusa Vogel Ely, que conclui em 2019 o doutorado em Botânica pela UFRGS.

Ela explicou sobre as pesquisas que desenvolve para identificar e classificar espécies de plantas campestres, falando sobre as intervenções do ser humano, principalmente de ocupação do território natural para a construção de cidades, que interferem na ocorrência de espécies vegetais importantes para o equilíbrio ambiental.

A bióloga mostrou dados referentes às suas pesquisas que mostram que há muitas espécies de plantas sendo descobertas em ambientes afetados pela urbanização, poluição, desmatamento e atividades de pecuária e agricultura, o que pode provocar seu desaparecimento.

Estudantes do Colégio Tiradentes Santo Ângelo se aproximam de práticas preservacionistas

“Pudemos desmistificar a ideia que os jovens têm de cientista e pesquisador, esclarecendo sobre duas áreas (zoologia e botânica) que estudamos em aula sob um novo viés. É muito gratificante quando podemos oferecer aos nossos alunos experiências inesquecíveis que contribuem para a construção de conhecimentos de maneira única”, destaca a professora Gracieli Dall Ostro Persich.

[+] Veja mais Nosso Mundo

Publicidade