De Volta Para o Futuro: Hey, McFly! Nunca duvide dos Cubs…


Esportiva Musical | Imagem: Reprodução

Os fãs do filme De Volta Para o Futuro devem lembrar que, em uma das viagens de Marty McFly (Michael J. Fox) com o doutor Brown (Christopher Lloyd) para o futuro, o datador do carro que seguia pelo tempo marcava uma viagem de 12 de novembro de 1985 até 21 de outubro de 2015. Trinta anos em segundos dentro de um DeLorean.

Pois é, o futuro chegou, ainda sem skates que voam. Mas o que motivou a escolha da data? Os roteiristas do filme De Volta Para o Futuro definiram o dia 21 de outubro de 2015 segundo cálculos de que, se o Chicago Cubs fosse campeão da liga de beisebol americana trinta anos depois, provavelmente seria neste dia 21.

Quase uma piada, pois era improvável imaginar um clube como o Chicago Cubs campeão nacional. O roteiro dependia disso para reforçar a importância da aposta feita no passado por um dos personagens do filme baseada em um livro que tinha vários resultados esportivos do futuro.

Quer coisa melhor? Apostar uma grana alta já sabendo o resultado de uma partida é sonho. Se não lembra, alugue De Volta Para o Futuro, é muito bom.

Mas a loucura é tão grande que em outubro de 2015 os Cubs estavam na disputa pelo título da liga e, por pouco, não conquistaram o inimaginável troféu, assim como aconteceu no filme.

O desejado título, porém, veio logo: em 2016 o clube venceu o Cleveland Indians por 8 a 7, papando o título da World Series, após 108 anos.

E a música? Ah, De Volta para o Futuro não seria De Volta para o Futuro sem a interpretação clássica e enlouquecida de Marty McFly com uma guitarra semi-acústica vermelha para Johnny B. Goode.

Marty McFly – Johnny B. Goode

[+] Veja mais Esportiva Musical aqui

Publicidade