Conheça a cerveja produzida a partir de restos de pão

Conheça a cerveja produzida a partir de restos de pão

Entrevista | Foto: Toast Ale/Divulgação

Quando o escritor e ativista britânico pela produção de alimentos com impactos socioambientais positivos Tristram Stuart visitou uma fábrica de sanduíches em 2016, percebeu algo marcante. Todos os dias, 13 mil fatias de pão eram descartadas.

Enquanto refletia sobre o problema, visitou o Projeto de Cervejas de Bruxelas e encontrou a inspiração de que precisava: uma cerveja deliciosa, produzida com uma receita ancestral chamada Babylone, era feita com um ingrediente inusitado — o pão.

Hoje, uma equipe liderada por Stuart promove a produção da Toast Ale, uma cerveja premiada feita de pães. Michael Lawrence, membro da equipe, está visitando bares em Londres para conscientizar as pessoas sobre os perigos do desperdício de alimentos e promover soluções simples, locais e inovadoras que possam ajudar a reduzir este problema.

As principais preocupações de Lawrence estão na ligação entre o desperdício de alimentos e a poluição do ar. Aterros sanitários, para onde a maior parte do lixo orgânico é destinada, libera metano.

Este gás nocivo, nas duas primeiras décadas após sua emissão, é 84 vezes mais potente do que outros gases do efeito estufa, como o dióxido de carbono. Para cada quilograma de comida que termina em aterros, quase quatro quilos de gases do efeito estufa são emitidos, relevou Lawrence.

Ele também explicou que todos os dias uma enorme quantidade de alimentos é transportada para aterros, resultando em emissões equivalentes a cerca de 39 milhões de veículos de passageiros.

ONU: Você tem percebido, recentemente, um aumento da conscientização sobre o desperdício de alimentos?

Michael Lawrence: Certamente. O desperdício de alimentos tem sido um tópico prominente dentro da discussão sobre a mudança climática. Quando participamos de eventos em vários lugares do país, notamos que o engajamento nesta questão está crescendo intensamente, tanto em nível local (como podemos reduzir o impacto em nossas casas) como em nível global (uma consciência do papel das indústrias sobre o problema).

Movimentos como a Rebelião Contra a Extinção e o programa Mudança Climática – Os Fatos de David Attenborough’s realmente ajudam a impulsionar esta agenda. O público está mais consciente sobre os problemas ambientais e também está procurando formas mais proativas de fazer a diferença. Reduzir o desperdício de alimentos em casa é um ótimo primeiro passo.

Como você planeja aumentar o seu impacto positivo no futuro?

A missão maior da cerveja Toast Ale é resgatar 1 bilhão de fatias de pão que seriam desperdiçadas. Isso reflete a ambição do nosso negócio — iniciar um movimento global e mudar genuinamente a atitude da sociedade em relação ao desperdício de alimentos.

Queremos repensar o que constitui o “lixo” aos olhos do público. Nosso próximo passo é lançar nossa cerveja em latas de 330 ml por meio de uma campanha de financiamento coletivo. Elas conservam o gosto da cerveja e oferecem benefícios ambientais, pois são mais leves e fáceis de transportar e empilhar, reduzindo drasticamente as emissões. Nosso relatório sobre a Associação de Alumínio sugere que as latinhas podem reduzir as emissões em 35% por onça (unidades de medida equivalente a 28,57g).

Qual é seu conselho para jovens que querem começar um negócio para enfrentar desafios ambientais?

Nosso conselho seria celebrar as soluções. É fácil ficar sufocado pela escala dos problemas, mas é importante manter o foco em coisas que motivam cada um de nós.

Mergulhe nisso e construa o máximo de conhecimento possível em sua área de atuação. Tenha a cabeça aberta e procure conselho nas comunidades que estão tentando fazer a diferença no mundo.

Recentemente, nos envolvemos com o Clube de Coquetéis do Clima — uma plataforma de encontros para conectar pessoas preocupadas com a sustentabilidade e reuni-las para tomarem um drink. Lançada em Dublin, hoje é um evento internacional — fique ligado na agenda de sua cidade!

Que conselho daria para alguém que gostaria de enfrentar o desperdício de alimentos?

Desafie a si mesmo para ser criativo nas formas com as quais utiliza ingredientes, para que nada seja desperdiçado. Isso pode ser muito efetivo. Adoramos algumas contas de instagram, como @don’twastethecrumbs e @lindsayjeanhard — ambas têm várias ideias para diminuir o desperdício de alimentos, além de fornecer dicas básicas para fermentação, como, por exemplo, para fazer seu próprio kefir.

Ainda mais importante, se você puder, separe seu lixo orgânico dos outros tipos de resíduos. A realidade é que milhares de toneladas de alimentos, parte que seria completamente segura para consumo, é jogada fora toda semana. Isso é algo que estamos trabalhando diariamente para mudar e acreditamos que todos podem fazer a diferença.

Jovens empreendedores são encorajados a se inscrever no Prêmio Jovens Campeões da Terra, apoiado pela Covestro. O Prêmio é uma iniciativa importante da ONU Meio Ambiente para engajar jovens no enfrentamento dos desafios ambientais mais urgentes do nosso tempo.

[+] Veja mais Entrevista aqui