Aipan integra Comissão RS de Pontos de Cultura para o biênio 2020-2021

Aipan integra Comissão RS de Pontos de Cultura para o biênio 2020-2021

Nosso Mundo | Foto: Geziel de Souza/Ponto de Cultura/Divulgação

A Associação Ijuiense de Proteção ao Ambiente Natural (Aipan) passou a integrar a Comissão Organizadora da Rede Estadual de Pontos de Cultura. A nova composição, para o biênio 2020-2021, foi definida em plenária do 9º Fórum dos Pontos de Cultura do Rio Grande do Sul, realizado no dia 29 de novembro, em Porto Alegre.

A associada Vera Lúcia Silva, que participou do evento como delegada, é a representante da Aipan na comissão. Também participou do fórum a associada Regina Ribeiro.

Segundo ela, além das responsabilidades assumidas junto ao grande grupo, a participação da Aipan é um reconhecimento de sua atuação enquanto Ponto de Cultura.

Composta por dois representantes da Região Metropolitana de Porto Alegre e dois suplentes – mais quatro representantes do interior do Estado com outros quatro suplentes -, a comissão tem como responsabilidade promover a articulação dos Pontos de Cultura e implementar a Lei 14.663, de dezembro de 2014 que cria a Política Estadual de Cultura Viva.

“A tônica de nosso debate no fórum foi a importância de atuar como rede, o foco não é o recurso em si e sim o trabalho de valorização, de inclusão e reconhecimento da cultura em suas diversas expressões e construções, inclusive a ambiental, como é o caso da Aipan, que há mais de 46 anos desenvolve ações nessa área. Precisamos também de um maior envolvimento em Ijuí e regionalmente, há mais pontos de cultura e o objetivo é fortalecer essa rede”, argumenta Vera Lúcia Silva.

9º Fórum dos Pontos de Cultura do Rio Grande do Sul

Participaram do evento 50 agentes culturais, de 31 Pontos de Cultura de 15 municípios, sendo três da Região Metropolitana e 12 do interior.

A secretária estadual de Cultura, Beatriz Araújo; o diretor de Fomento, Rafael Balle; e; a assessora de Culturas Populares, Tradição e Folclore, Maria Marques; também estiveram presentes no fórum, além dos conselheiros estaduais de Cultura Plínio Mósca e Moreno Barrios.

Durante o evento, o trabalho esteve focado em duas frentes: uma sobre políticas públicas, com ênfase na efetivação e consolidação de Lei Cultura Viva; outra, na busca de fomento de fomento para realização de atividades de produção e difusão da cultura.

[+] Veja mais Nosso Mundo

Publicidade