Gaitaço Missioneiro vai transformar São Miguel das Missões em Capital da Gaita

Gaitaço Missioneiro vai transformar São Miguel das Missões em Capital da Gaita

Festivais Gaúchos | Foto: Outra Estação.com/Arquivo | © Todos os direitos reservados

Marcadas pela sincronia entre teclas, botões e um fole que não cansa de ir e vir, roncarão em breve, a poucos metros do Sítio Arqueológico de São Miguel Arcanjo, instrumentos que fazem do Gaitaço Missioneiro um grito pela cultura sul-rio-grandense.

A dois dias de sua realização, o 7º Gaitaço Missioneiro já recebeu inscrições de acordeonistas de diversas cidades do Rio Grande do Sul. Todos farão de São Miguel das Missões a Capital da Gaita neste fim de semana, dias 30 de novembro e 1º de dezembro.

Um palco bem caprichado e gaúcho em sua essência será montado ao lado do restaurante Meu Cantinho – em frente ao estacionamento do sítio arqueológico. O espaço para o evento foi cedido gratuitamente aos organizadores. O benfeitor prefere o anonimato. Tudo em nome do gauchismo.

Do papel ao palco

O Gaitaço Missioneiro é resultado de uma ideia do casal Dirce e Valmir Costa. Eles desejavam criar um evento que fizesse manter viva a tradição da música instrumental gaúcha. E a gaita é um dos símbolos da arte sonora produzida no estado brasileiro mais ao Sul.

Hoje, um grupo formado por pessoas de diversos setores, mas com o amor ao acordeon em comum, junta forças, dinheiro e gotas de suor para manter ativo um festival que já esteve perto de deixar de existir. Para tornar as práticas ainda mais oficiais, há três anos foi montada uma comissão organizadora que faz o necessário para realizar tudo anualmente.

A corrente do bem tem funcionado tanto que as condições atuais são um prêmio aos que não quiseram desistir. Em 2019, além do espaço cedido por um amigo para abrigar as atividades do festival, os organizadores também receberam apoio da prefeitura de São Miguel das Missões e da empresa MG Sonorizações que, respectivamente, serão responsáveis por cuidar da estrutura de palco e som/luz – sem custos à comissão.

Raízes

Quando se fala em fortalecer as bases, formar raízes consistentes, os mais novos entram em foco. Adolescentes e crianças ganham espaço para socializar ao público seus talentos e vontades de marcar com arte musical o orgulho de ser gauchinho e gauchinha.

“Nosso objetivo é cultuar a tradição gaúcha através dos jovens talentos”, destaca Letusa Moraes, gaiteira e uma das batalhadoras que integram a comissão organizadora do evento.

O festival também abre espaço para os mais “cascudos”. Em 2019, será realizada a terceira edição do Gaitaço Xiru, voltado a quem tem dezessete anos ou mais. Esta categoria, aliás, deverá ser a mais disputada, até pelos valores dos prêmios, que chegam a R$ 1600 para o campeão.

“Um evento como esse é de extrema importância. Vários talentos são prestigiados pelo público, eles são incentivados a não deixar morrer a tradição gaúcha”, comenta Letusa.

Mobilização estadual

As atividades iniciam às 14h de sábado, 30, e os frequentadores já têm garantidos erva mate e água quente para participar de uma mateada de fundamento. Haverá apresentações artísticas de músicos, trovadores e elencos de entidades tradicionalistas.

As exibições dos concorrentes do 7º Gaitaço Missioneiro Piá e 3º Gaitaço Xiru iniciam domingo, às 10 horas.

O festival já recebeu inscrições de músicos das cidades de São Borja, Uruguaiana, Caibaté, São Luiz Gonzaga, Ijuí, São Miguel das Missões, Cruz Alta, Jóia, Santo Ângelo, Catuípe, Giruá, Faxinalzinho e Crissiumal. Mas ainda há tempo para assegurar um lugar no palco do festival.

As inscrições são gratuitas e serão aceitas até as 10h do dia 1º de dezembro, no local do evento. Antes disso, os interessados podem registrar suas participações por telefone (55 – 991 623 146) ou e-mail: letusagdm92@gmail.com e kruelsergio@gmail.com.

É possível que mais de 50 gaiteiros e gaiteiras participem do “Gaitaço”.

Premiação

ATÉ 12 ANOS

  • 1º lugar: R$ 300 + troféu
  • 2º lugar: R$ 200 + troféu
  • 3º lugar: R$ 150 + troféu
  • 4º lugar: troféu
  • 5º lugar: troféu

DE 13 A 17 ANOS

  • 1º lugar: R$ 600 + troféu
  • 2º lugar: R$ 400 + troféu
  • 3º lugar: R$ 300 + troféu

ACIMA DE 17 ANOS (XIRU)

  • 1º lugar: R$ 800 + troféu
  • 2º lugar: R$ 500 + troféu
  • 3º lugar: R$ 300 + troféu

XIRU GERAL

  • 1º lugar: R$ 1600 + troféu
  • 2º lugar: R$ 1300 + troféu
  • 3º lugar: R$ 1000 + troféu

GAITEIRO MAIS JOVEM

  • Prêmio: R$ 200 + troféu

GAITEIRO MAIS VELHO

  • Prêmio: R$ 300 + troféu

7º Gaitaço Missioneiro e 3º Gaitaço Xiru

  • EVENTO: 7º Gaitaço Missioneiro e 3º Gaitaço Xiru
  • DIAS: 30 de novembro e 1º de dezembro (sábado e domingo)
  • HORA: A partir das 14h de sábado
  • LOCAL: Ao lado do restaurante Meu Cantinho, em São Miguel das Missões – RS
  • VALOR: Grátis

Localize o Gaitaço Missioneiro

[+] Veja mais Festivais Gaúchos aqui

Publicidade